CURIOSIDADES SOBRE A CRIAÇÃO DO LIVRO
dia_do_livro.jpg

Você sabia?

Antes de tomar a forma retangular e chegar aos nossos dias, os livros percorreram um longo caminho. Os sumáirios, assírios e babilônios usavam pequenas tábuas de argila para gravar os caracteres de sua escrita cuneiforme ou simbólica.Os fenícios inventaram o alfabeto, que passou a ser escrito em um papel primitivo feito de linho,cânhamo e folhas da moreira uma invenção chinesa dotada, em 751 a.c,pelos árabes.

Mais tarde a informação passou a vir em rolos de pergaminho- os ''volumen'',palavra latina que significa cilindro.
O aperfeiçoamento das técnicas fez surgir o ''codex'' (código),livro na forma que conhecemos hoje,com uma capa rudimentar feita de '' papel maché'' (papel amassado).
Em 1452,aconteceu a grande revolução:Johannes Gutenberg (1400/1468) criou os tipos móveis que permit6iram a propagação do saber pela monagem diferenciada das páginas na imprensa.
Grande companheiro das horas de lazer, o livro é a chave para a porta de entrada nos vestibulares,concursos públicos e aprendizado de novos idiomas.
O progresso tecnológico veio permitir o livro em cd,para ser ouvido em qualquer lugar e a qualquer momento.


emilia_3.jpg Saiba mais !

O dia nacional do livro infantil se comemora dia 18 de abril. A data foi instituída em 2002,em homenagem ao nascimento de Monteiro Lobato.
O escritor,conhecido mundialmente pelas as histórias do Sítio do Picapau Amarelo,era um visionário para sua época e lutou muito para ampliar a leitura no Brasil. Nasceu em 1882 numa vila de Taubaté,onde hoje é a cidade Monteiro Lobato e faleceu em 1948 deixando um legado editorial e didático.

Quer saber um pouco mais sobre o sítio do picapau amarelo?

Então divirta-se com a imagem de abertura da família mais querida do Brasil até hoje.
Turma do sítio